História

O Grupo São Luís

Do Grupo São Luís fazem parte atualmente mais de 100 trabalhadores divididos pelas cinco empresas do grupo. A aposta na certificação de qualidade e na plena satisfação do cliente tem valido a este grupo diversas distinções ao longo dos anos.

Para chegar ao patamar de excelência que ocupa hoje o Grupo São Luís foi apostando na modernização das empresas e no desenvolvimento de novos projetos em mercados mais atrativos, estando hoje plenamente integrados na Europa e em Angola.

 

O grupo conta com cinco empresas que trabalham nas áreas da construção civil, no fabrico de artefactos de cimento e comercialização de materiais de construção, no transporte rodoviário de mercadorias nacional e internacional e recauchutagem de pneus e estação de serviço. Quatro delas têm sede em Portugal e trabalham com o mercado interno e europeu e uma quinta está instalada em Angola, onde o grupo investiu cerca de 7 milhões de euros para se implementar.

 

Os primeiros passos foram dados na construção civil e na área das telecomunicações, pelo fundador e proprietário Abel Sousa, mas hoje o grupo São Luís assegura vários serviços noutros sectores. O desempenho do grupo já foi reconhecido desde 2012 com o prémio PME Líder e também a distinção de PME Excelência, bem como certificação norma ISO 9001.

A Abel e Mota Transitário foi uma boa oportunidade de negócio

Abel e Mota Transitário surgiu em 2009 com o objectivo de dar ao grupo São Luís a possibilidade de competir com outras empresas de transitários que existiam no país.


Com instalações próprias em Vermoim, Maia, a Abel e Mota Transitário efectua serviços de transporte global e o respectivo planeamento de tráfego. Estamos em condições de oferecer todo o tipo de serviço relacionado com a exportação e importação de mercadorias de e para a Europa.